7 técnicas de criatividade no design para ter ideias geniais

Conhecer diferentes técnicas de criatividade no design configura uma atitude inteligente de todo empreendedor e profissional do segmento. Ainda mais se considerarmos que a inspiração não cai do céu, como disse Thomas Edison, um dos maiores inventores da história:

“O sucesso é constituído por 10% de inspiração e 90% de transpiração”.

Nesse sentido, há outro fator em que vale a pena prestar atenção: a criatividade não é inata. Ou seja, a ideia de que poucos sortudos nasçam com o dom de ter ideias fora da caixa  não é verdadeira, uma vez que se trata de uma capacidade inerente a todo ser humano e que precisa ser exercitada continuamente. 

Se você acha que isso é “papo para boi dormir”, é melhor pensar duas vezes, pois um estudo recente mostrou que todo mundo possui essa habilidade, não só grandes pintores como Pablo Picasso ou empreendedores geniais, como Steve Jobs. Ou seja, não é preciso nascer com elas, uma vez que essas habilidades podem ser desenvolvidas. 

Foi o que disse Roger Beauty, pós-doutor em Neurociência Cognitiva da Universidade de Harvard e um dos autores dessa pesquisa. 

Além disso, desenvolver o potencial criativo contribui para ter um melhor desempenho no mercado de trabalho. Foi o que mostrou pesquisa do Center for Creative Economy, que revelou que os setores criativos apresentam um menor índice de perda de emprego do que  outras categorias da economia. 

Diante desses fatos, é possível concluir que faz sentido conhecer técnicas de criatividade no design, não é mesmo? Para descobrir quais são elas, basta seguir com sua leitura!

 tecnicasdecriatividadenodesign1 1 - 7 técnicas de criatividade no design para ter ideias geniais

Quais são as melhores técnicas de criatividade no design?

  1. Valorize o brainstorming
  2. Explore sua paleta de cores 
  3. Abra Técnica da Palavra Aleatória
  4. Adote o Método Creates 
  5. Medite
  6. Aplique o Storyboards
  7. Faça Mapas Mentais

Top 7 melhores técnicas de criatividade no design detalhadas

1. Valorize o brainstorming 

Está em dúvida sobre quais elementos de design deve aplicar em seu projeto? Então, respire fundo e se renda, sem preconceito, ao brainstorming. 

Essa técnica é uma das fáceis e populares e, para dar melhores resultados, deve ser feita em grupo. 

Para aplicá-la, é preciso deixar a imaginação tomar conta. Ou seja, pense no problema e escreva soluções para ele. A ideia pareceu absurda? Não tem problema! Escreva-a mesmo assim e a compartilhe com seus colegas. 

Após isso, todos devem dividir suas ideias e eleger a melhor. Bastante simples, não?

O vídeo a seguir fala mais sobre o assunto, não deixe de assisti-lo (coloque legendas em português):

2. Explore a sua paleta de cores

Como designer, ou curioso sobre o assunto, você sabe a importância que as cores têm para despertar emoções, certo? Pois pense em seu projeto e se permita sentir o que deseja transmitir. Aqui, é importante se esquecer um pouco dos assuntos mais técnicos e estratégicos, como a identidade visual da marca. 

Pense apenas no simbolismo das cores. Feche os olhos e reflita o que deseja causar em seus espectadores. É energia? Então, que tal explorar tons de vermelho ou laranja? É credibilidade? Então, deixe o azul tomar conta.

É válido destacar que nesse exercício não há certo ou errado, uma vez que ele terá como guia a sua intuição. Logo, pode ser bastante interessante para explorar diferentes ideias e elementos de design. 

tecnicasdecriatividadenodesign2 - 7 técnicas de criatividade no design para ter ideias geniais

3. Abrace a Técnica da Palavra Aleatória

Bastante utilizada por profissionais que precisam de novas ideias para criar a identidade de um produto, a Técnica de Palavra Aleatória estimula o cérebro a ter diferentes perspectivas e novos ângulos sobre uma determinada questão. 

Aplicá-la não tem segredo. Basta escolher uma página aleatória de um livro, por exemplo e assim, selecionar uma palavra. Em seguida, livre de julgamentos, faça associações sobre ela e depois faça uma ponte entre elas e o problema que deseja solucionar. 

Se, em um primeiro momento, esta estratégia pode parecer não fazer sentido, saiba que está enganado, uma vez que a capacidade do nosso cérebro de fazer associações vai muito além do que imagina!

4. Adote o Método Creates

Desenvolvido por uma PHD em neurociências, o Método Creates representa uma das técnicas de criatividade no design mais eficazes, uma vez que ativa 7 modos diferentes do cérebro e, assim, ajuda tanto a melhorar o raciocínio lógico como contribui para gerar insights inovadores. 

Esse método tem como base os seguintes princípios:

  • conectar;
  • encontrar um motivo;
  • visualizar;
  • assimilar;
  • transformar ;
  • avaliar e 
  • deixar fluir. 

Seguindo esses passos, é possível fazer associações e criar designs fora da caixa de forma fluida. 

Para saber mais sobre o método, confira o vídeo!

5. Medite

Pelo fato da Meditação Mindfulness promover a consciência e a atenção para o agora, ela permite que o tráfego de pensamentos que, normalmente, é reprimido no dia a dia devido ao excesso de informações, seja liberado, o que é fundamental para melhorar o processo criativo. 

Além disso, um estudo realizado em uma importante universidade dos Países Baixos revelou que essa prática estimula a percepção da mente e, assim, possibilita que a pessoa encontre novas soluções e acesse ideias, até então escondidas, com muito mais facilidade. 

Não deixe para amanhã a meditação que você pode meditar agora, como a guiada exibida abaixo!

6. Aplique o Storyboards

Por trás de todo bom design, desenho e roteiro há um storyboard bem estruturado. Essa técnica saiu da mente criativa de Walt Disney  que, em 1928, para produzir um enorme número de desenhos, incentivou seu time a pregar todos os esboços nas paredes do estúdio. 

Sendo assim, ele e sua equipe conseguiram pré-visualizar todos os quadros, o que os permitiu descartar, com mais eficiência, o que não fazia sentido, assim como também facilitou o ajuste da linguagem e da narrativa para que o público pudesse assimilá-los da melhor maneira. 

No dia a dia do designer, isso pode ser feito de modo muito mais simples, com post-its espalhados pelas paredes da agência, de sua casa, escritório ou estúdio. 

tecnicasdecriatividadenodesign3 - 7 técnicas de criatividade no design para ter ideias geniais

7. Faça Mapas Mentais 

O mapa mental é uma excelente ferramenta para quem tem facilidade para aprender de forma visual. Esse método estimula a imaginação e ajuda a gerar insights poderosos.  

Ele nada mais é do que um diagrama que permite que você, por meio de símbolos, frases, imagens e diferentes cores, organize, distribua e associe ideias. 

Ele não só incentiva que você assimile diferentes pontos de vista sobre um mesmo tema, como também promove pensamentos fora da caixa, sem que, para isso, precise quebrar a cabeça. 

tecnicasdecriatividadenodesign5 - 7 técnicas de criatividade no design para ter ideias geniais

O que você achou dessas técnicas de criatividade no design? Já conhecia alguma? Teria outra a acrescentar a essa lista? Compartilhe sua opinião com a gente!

Esperamos que esse post turbine o seu processo de criação! Se precisar de uma ajudinha extra nesse sentido, conte com a Trakto que, por meio de um potente editor online, permite que você crie, publique, compartilhe e transforme seus insights em incríveis visuais!

Além disso, traz uma série de modelos de mapas mentais para você personalizar do jeito que deseja.

Quer mais? Pois a plataforma é fácil de usar e tem uma versão gratuita. Isso mesmo, free total!

Ficou curioso? Então, experimente a plataforma!

 

Este post foi útil para você?

Média: 5 / 5. 1

Obrigado pelo feedback!

Já segue a Trakto nas redes sociais?