4 Dicas para criar contrato de prestação de serviços fotográficos

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

 

Dicas para criar contrato de prestação de serviços fotográficos - 1

Criar um contrato de prestação de serviços para fotografia não e fácil. Não é mesmo?

Neste artigo iremos dar dicas valiosas para você criar um contrato de prestação de serviços para fotografia, com objetivo de  proporcionar mais segurança e profissionalismo.

O contrato ideal é aquele onde as duas partes sabem claramente suas funções.

A quem aplica-se o contrato de fotografia?

Nossas dicas aplicam-se a vários serviços de fotografia. Tais como cobertura fotográfica, aniversário infantil, 15 anos, newborn, modelos, smash the cake, casamentos, ensaios, gestantes, adulto e tantos outros.

Porque um contrato por escrito?

O contrato verbal também é aceito pela legislação brasileira (e portuguesa), sendo necessária várias testemunhas para confirmar as cláusulas do acordo.

Mas devido a dificuldade de sustentar acordos verbais, os contratos nos ajudam a dar segurança para ambas as partes.

Recomendamos que sempre utilize um contrato que descreva detalhadamente cada cláusula e obrigação das partes, sempre na forma da lei.

Dicas para Criar seu contrato da forma ideal

Dica 1 –  Trabalhe as datas e Prazos

Leve em conta datas e especificar prazo para os seguintes itens:

  1. Prazo de validade do contrato;
  2. Data em que o documento foi elaborado;
  3. Prazo para pagamentos;
  4. Prazos para entrega dos materiais;
  5. Lembrar sempre de especificar a data e prazo de entrega de qualquer outro serviço extra;

Dica 2 –  Especifique as obrigações de ambas as partes e consequentemente os direitos

Dicas para criar contrato de prestação de serviços fotográficos 2

A partir do momento em que está “firmando” um contrato na forma da lei, isto implica que cada parte deverá ter suas obrigações para o acordo e a parte que contrata seu serviço fotográfico terá seus direitos.

Recomendamos que sejam acertados detalhes para cada serviço prestado como:  fornecimento de refeições e infraestrutura para os fotógrafos e cinegrafistas, os pagamentos de benditas taxas das malditas igrejas (ou vice versa).

Lembre-se de detalhar as obrigações do cliente para o cumprimento de horários, responsabilidade de estruturas para o cenário e seus direitos como fotógrafo.

 

Lembre-se de citar uma autorização para direito de imagem para publicar as fotos em seu portfólio

 

Dica 3 –  Prometa somente o que poderá cumprir

Na legislação brasileira há uma distinção entre incapazes (menores de 16 anos) e relativamente incapazes (menores de 18 e maiores de 16 anos). O contrato estabelecido com incapazes é completamente nulo, o estabelecido com relativamente incapazes é válido, mas poderá ser anulado por este (relativamente incapaz) de acordo com sua vontade. Portanto, sempre exiga a representação dos pais ou responsáveis para menores de 18 anos.

Sempre especifique em contrato o que você poderá cumprir, caso o contrário você poderá ser processado em Juízo.

Dica 4 –  Garanta a segurança entre ambas as partes

One man in white shirt is looking at photo in camera. Choosing photos

Rescisão contratual

Se o cliente, por qualquer razão, rescindir o contrato – nem que seja na semana que antecede o casamento – o máximo que o fotógrafo deverá, razoavelmente, reter, é 30% do valor total do contrato.

Multas

Geralmente a multa equivale o percentual de 10% do contrato que será devida pela parte que descumprir as obrigações que assumiu – e uma outra como cláusula penal – que é algo que busca proteger o fotógrafo, caso alguma coisa possa dar errado (por exemplo, perder todo o material fotografado) na medida em que ela fixa um valor máximo para a compensação do prejuízo que a outra parte possa reclamar.

 

Sendo assim, como qualquer negociação que você participa, mantenha a calma, transparência e não esqueça de esclarecer todos os pontos do seu contrato. Uma negociação saudável melhora sua vida financeira, pessoal e emocional.

 

 


Este post foi útil para você ?
Compartilhe este artigo e ajude-nos a manter o blog