Como usar a proporção áurea? Etapas importantes + exemplos

Tempo de leitura: 6 minutos

Saber como usar a proporção áurea deve ser uma das prioridades de todo designer que deseja criar composições harmoniosas em seus projetos.

Para muitos, essa teoria não faz diferença em um trabalho de design, já outros vêem nela uma importância fundamental para desenvolver projetos bem-acabados. Em outras palavras, trata-se de um tema polêmico, mas que não precisa ser um bicho de sete cabeças!

Para desmistificar essa questão, conhecer a história dessa técnica, saber como usar a proporção áurea na arte e no design , basta seguir com sua leitura! 

O que é proporção áurea?

A proporção áurea, também chamada de “Número de Ouro”, é uma constante real algébrica irracional bastante usada na arte, no design e na arquitetura.

Ela é obtida por meio de um cálculo aritmético o qual apresenta a divisão de uma linha em duas partes (a e b). Assim, o segmento mais comprido (a) é dividido pelo mais curto (b), e este resultado espelha o produto da divisão da linha completa (a + b) pela linha mais longa (a).

Desse cálculo, surge um número infinito que, arredondado, equivale a 1,61, que nada mais é do que a letra grega PHI (φ), que representa a equação e cujo símbolo  está associado ao nome Phidias, que, segundo a história, foi o primeiro a empregar essa teoria em seus projetos matemáticos e arquitetônicos. 

A razão áurea descreve a relação perfeitamente simétrica e harmônica entre duas proporções. Assim, revela uma proporção de 1:1,61, que pode ser ilustrada por meio de um retângulo reto. 

Assim, nessa figura, se você cortar um quadrado, o retângulo que sobra terá as mesmas proporções que o retângulo original, também chamado de “retângulo de ouro”. 

Logo, ao realizar esse processo continuamente, é possível visualizar como as estruturas e as proporções são perfeitas e esteticamente prazerosas de se observar. 

Nesse contexto, é importante ressaltar que muito se engana quem pensa que para essa proporção só é conquistada de forma técnica por profissionais, uma vez que ela é também pode ser encontrada na natureza. 

Logo, não é de se esperar que ela represente, para muitos, o que há de mais belo e perfeito. Sendo assim, podemos concluir que também não foi à toa que a proporção áurea na arte tenha sido abraçada pelos pintores mais famosos da história, como o gênio Leonardo Vinci, que a aplicou em sua mais emblemática obra, a Mona Lisa, e o surrealista Salvador Dalí.

Para entender, de forma mais detalhada (e matemática) o que é proporção áurea, sugerimos que assista ao vídeo abaixo (não se esqueça de colocar legendas em português).

Continue lendo para saber como usar a proporção áurea em seus projetos!

Como surgiu a proporção áurea?

Estima-se desde os tempos mais remotos, a proporção áurea tenha sido aplicada nas artes, na arquitetura e no design. 

Só para você ter uma ideia de como esse conceito é antigo, ele foi descrito, pela primeira vez muitos anos antes de Cristo, por Pitágoras, o pai da matemática, com objetivo além dos aritméticos, uma vez que o mestre explorava o conceito para explicar questões até mesmo transcendentais, como a alma, o universo e a relação harmônica entre eles. 

Assim, ao longo do tempo, a proporção áurea foi conquistando mais adeptos, e foi sendo utilizada para a construção de pirâmides, palácios e templos. 

Nesse cenário, outros grandes nomes da história também abraçaram essa proposta, como o filósofo Platão e o matemático Euclides, autor da famosa obra “Os Elementos”. 

Já o século XII, outro grande expoente da matemática, Leonardo Fibonacci, desenvolveu outra teoria que também está entrelaçada com a proporção áurea: a sequência de Fibonacci. 

Por meio dela, o matemático mostrou uma sequência de números sem fim que, aplicada em quadrados dispostos em figuras que representam um triângulo, dão origem ao famoso “retângulo de ouro”. 

Essa descoberta é considerada uma das mais fascinantes da história, sendo utilizada, até mesmo, para explicar os mistérios do universo e da natureza, o que foi discutido no vídeo a seguir. 

Leia também: 

Como usar a proporção áurea no design?

Curioso em saber como usar a proporção no design? Então, confira o passo a passo!

  1. Desenhe um quadrado e coloque em suas pontas as letras A, B, C e D.
  2. Divida essa figura geométrica ao meio e coloque um ponto médio (P) na linha inferior (entre A e B).
  3. Conecte o P com um dos vértices opostos, que pode ser o C.
  4. Pegue um compasso e coloque a sua ponta em cima do ponto médio P e, assim, adeque sua largura de modo que ela retrate a distância PC.
  5. Desenho um arco no lado BC.
  6. Expanda o lado AB até que ele corte o arco em um ponto (podemos denominá-lo R).
  7. Trace uma linha paralela ao AB que passe pelo R.
  8. Prolongue o lado que responde ao DC de forma que ele se depare com a linha paralela (podemos chamar este ponto de S).
  9. Voilà: você acabou de desenhar o retângulo de ouro!

Como usar a proporção áurea? Conclusão

Como dito acima, esse assunto rende até hoje algumas polêmicas. Isso porque enquanto uns profissionais acreditam que a proporção áurea seja uma ferramenta fundamental para dar beleza a seus projetos, outros creem que, na prática, ela não traga muitos benefícios.

Para saber de que time você é, segue uma dica: entenda, explore e aplique essa teoria em um projeto. Só depois de ter vivido essa experiência, você poderá chegar a uma conclusão!

Outra sugestão: se você quer dar um up em seus projetos e deseja personalizar seus materiais em formatos diferentes, conte com a Trakto, uma plataforma que permite que você edite e insira elementos visuais com eficiência e facilidade.

Quer entender melhor como ela funciona e, de quebra, não pagar nada por isso? Então, comece a utilizá-la, de forma totalmente gratuita, agora mesmo!