Como construir uma identidade visual de cair o queixo?

Tempo de leitura: 6 minutos

A verdade é uma só: não adianta ter o melhor produto do mercado e uma equipe completa e altamente gabaritada se você não souber como construir uma identidade visual impactante para sua marca. 

Nesse sentido, é fundamental destacar que um processo de criação de uma identidade visual vai muito além do logo, uma vez que engloba outros elementos visuais essenciais. 

Para descobrir quais são esses elementos de identidade visual, saber como construir uma identidade visual poderosa e entender, de uma vez por todas, a diferença entre marca e identidade visual, basta ler este post até o fim!

Qual a diferença entre marca e identidade visual?

A identidade visual é o que define a imagem de uma marca. É comum que profissionais de primeira viagem a associem ao logo. Se fosse só isso, o M do McDonald’s teria pouco significado, percebe?

Além do logo, fazem parte dos elementos de uma identidade visual as cores, as fotos, as fontes, os formatos e suas posições. Elas, além de comunicarem de transmitirem a proposta de valor de uma companhia, também contam com um forte simbolismo que provoca emoções em seu público-alvo.

Ou seja, a identidade visual pode ser descrita como a personalidade de uma marca. Já a marca é um conceito mais amplo que explora valores intangíveis. Isto é, ela está nas mentes das pessoas e representa a experiência fornecida por trás dos produtos e serviços. 

comoconstruirumaidentidadevisual1 - Como construir uma identidade visual de cair o queixo?

Crédito: The Branding Journal 

Por exemplo, quando você pensa na Apple, você não imagina só a sua identidade visual (a maçã, a cor e slogan), certo? Isso porque, ao fazer esse exercício, você já se recorda das palestras de Steve Jobs, da ideia de criatividade e dos produtos de elevada qualidade e ticket alto, não é mesmo?

São todas essas ideias, em conjunto, que definem uma marca. 

“Uma marca é a intuição que uma pessoa tem sobre um produto, serviço ou empresa. A marca não é aquilo que você diz que é, é aquilo que os outros dizem que é” – Marty Neumeier, The Brand Gap. 

Como construir uma identidade visual? Passo a passo

Confira o passo a passo completo e saiba como construir a identidade visual de sua empresa ou projeto. 

Seja único e inesquecível

Para realmente se destacar em um mercado tão competitivo que busca atrair a atenção de consumidores, é essencial estudar o que seu projeto deseja transmitir. 

Por exemplo, se estiver atuando como designer de um e-commerce que deseja impulsionar suas vendas, cabe ir além de um logo chamativo e do uso harmônico das cores, é preciso se diferenciar e apresentar elementos visuais diferenciados e criativos. 

Trata-se de um grande desafio, mas que pode ser ultrapassado desde que você entenda os valores da empresa representada e a sua audiência. 

Também é crucial estudar o que as marcas concorrentes estão fazendo para não fazer “o mais do mesmo”, e também conhecer o que deu certo e o que não funcionou. 

Seja consistente

A identidade visual criada deve ser a mesma independentemente da mídia em que estiver trabalhando, ou do tipo de campanha ou oferta que esteja desenvolvendo. Afinal, ela retrata a  essência e a personalidade de uma empresa, logo, não dar atenção a isso, além de descaracterizar os seus valores, também denota amadorismo. 

Emocione

O apelo emocional é, sem dúvida, um dos passos mais importantes para construir uma identidade visual de tirar o fôlego. Isso porque é pela emoção transmitida que você consegue se conectar com a persona da marca e, assim, criar uma imagem memorável e duradoura em sua mente. 

Para impulsionar esse processo, é preciso deixar a imaginação fluir e também pensar de forma estratégica. O que isso significa? Que, ao mesmo tempo, você deve refletir sobre quais valores deseja transmitir, qual história quer contar e que emoção deseja provocar. E isso deve ser feito de forma criativa. 

Desenvolva o logo 

As marcas de maior sucesso são facilmente reconhecidas por apresentarem um logo memorável, certo? 

Logo, é imprescindível que você crie um símbolo que consiga ser facilmente identificável e que não seja similar ao da concorrência.

A Amazon fez isso com excelência, uma vez que apresentou um símbolo simples que nada mais é do que o nome da companhia e a seta de A a Z, que mostra que a companhia vende produtos que englobam todas as letras do alfabeto. 

comocriarumaidentidadevisual2 - Como construir uma identidade visual de cair o queixo?

Crédito: Business Insider 

Para estimular o seu processo criativo, uma sugestão interessante é: pense na palavra que melhor expressa o valor da marca e, em seguida, busque na internet por imagens que correspondam a ela. 

Não tenha pressa! Todas as empresas, independentemente de seu porte, realizam testes contínuos para desenvolver um logo. Em outras palavras, para criar um, não tenha medo de errar. Para isso, é preciso testar, testar e testar!

Não se esqueça dos outros elementos visuais

A criação de uma identidade visual requer elementos importantes, como:

Cores

Considerando que uma cor específica pode aumentar o reconhecimento de uma marca em 80%, escolher a combinação certa é imprescindível,  concorda?

Para tanto, o primeiro passo nesse sentido é: opte por uma paleta que expresse os valores da empresa. 

Se o projeto em que estiver trabalhando for o de um escritório de advocacia, cabe explorar tons sóbrios, como o azul. Já se quiser representar uma marca de roupa infantil, uma boa dica é combinar cores brilhantes. 

Nesse quadro, é importante também utilizar a psicologia das cores para escolher um tom que simbolize a marca e que, ao mesmo tempo, gere o apelo emocional desejado. 

Tipografia

Escolha duas fontes que se complementem, deem noção de hierarquia e que representem a marca. 

A serifa, por exemplo, remete ao sucesso e à formalidade. Este tipo de fonte é bastante legível e, geralmente, é associada à confiança. 

Já a manuscrita denota criatividade e originalidade, o que dá à marca um caráter especial. No entanto, é importante não abusar dessa fonte, uma vez que o seu excesso pode remeter à infantilidade, o que pode prejudicar a sua imagem e reputação. 

Como construir uma identidade visual? Conclusão 

Neste texto, você aprendeu como construir uma identidade visual, assim como percebeu que esse desenvolvimento requer foco, conhecimento, estudo, análise e muitos testes. Esse processo pode ser desafiador, mas com foco e calma você consegue superá-lo. 

Para torná-lo mais fácil, uma boa dica é: aposte em parcerias inteligentes, como a da Trakto, que conta com um poderoso editor online que permite que você crie, compartilhe, e transforme suas ideias em incríveis visuais.

Além de infinitos templates, a Trakto apresenta milhões de imagens únicas e uma galeria com mais de 150 fontes.

Para você que está começando ou que está com o orçamento apertado, segue mais uma boa notícia: a Trakto traz um plano inteiramente grátis!

Diante de tudo isso, não há motivo para perder tempo, não é mesmo? Teste a ferramenta agora mesmo e dê asas a sua imaginação!