Banner para Google Ads: como criar modelos eficientes que gerem novos negócios?

Tempo de leitura: 5 minutos

Um banner para Google Ads configura uma excelente oportunidade para quem deseja fazer uma boa publicidade de sua empresa. Para tanto, no entanto, é preciso criar um que espelhe o seu negócio, transmita a sua mensagem e que respeite as regras do Google. 

Para saber mais sobre o tema, descobrir qual o tamanho de um banner para Google Ads, conhecer dicas para criar um, conferir modelos de banners e saber como funcionam as campanhas, basta seguir lendo. 

O que é Google Ads?

Antes de saber como criar um banner para Google Ads, faz sentido entender em que se baseia essa plataforma, não é mesmo? Então, vamos lá!

O Google Ads, como o próprio nome sugere, é uma ferramenta de publicidade do Google focada em exibir anúncios de forma segmentada. Isso é, diferente da publicidade comum, em que anúncios aparecem sem conexão para as pessoas, por meio do Google Ads, é possível levar a mensagem de seu negócio para uma audiência bastante específica e altamente qualificada. 

Isso porque ela conta com um processo intuitivo e inteligente. De forma simples, isso significa que quando uma pessoa digita uma determinada palavra-chave na plataforma, ela recebe, automaticamente, um anúncio, ou seja, um banner com o produto ou serviço que está procurando.

Diante disso, dá para entender porque tantas empresas investem em Google, não é mesmo?

Aliás, uma dúvida muito comum é sobre o quanto se deve investir em uma campanha desse gênero. Na verdade, isso depende muito do objetivo e da realidade financeira de um negócio. 

Não existe um valor máximo ou mínimo. Só para você ter uma ideia, uma empresa de grande porte pode investir R$ 40.000,00 iniciais em campanha, enquanto pequenas pagam somente R$ 40 reais. 

Para entender melhor como o Google Ads funciona, sugerimos que assista ao vídeo a seguir (não se esqueça de colocar as legendas em português). 

Boas práticas para criar um banner para Google Ads

Para criar um banner para Google Ads, é preciso se atentar a algumas boas práticas, uma vez que o seu anúncio pode não ser aceito pelo Google e, em alguns casos, até mesmo banido.  Confira algumas delas. 

1. Priorize a simplicidade

Banners com muitos elementos, além de prejudicarem a leitura, recebem menos cliques, no geral, uma vez que as pessoas não se sentem estimuladas a clicarem neles. 

Desse modo, por mais ideias de imagens e de textos criativos que você tenha é melhor guardá-las para outro tipo de publicidade e, assim, se focar em tornar a leitura do seu banner mais agradável e simples, utilizando menos elementos. Afinal, menos é mais!

2. Seja relevante 

O Google presta muita atenção no contexto e na relevância da mensagem. Sendo assim, é fundamental que a mensagem de seu banner seja objetiva e alinhada com a sua meta. 

Aqui, o intuito é fazer com que a pessoa entenda de cara qual a oferta. Sem falar que não há muito espaço em um banner, o que o impossibilita de colocar muitas palavras. 

3. Utilize imagens de boa qualidade 

O Google também não deixa passar imagens de baixa qualidade, uma vez que elas denotam pouca preocupação com a experiência dos visitantes. Em outras palavras, é muito importante que você utilize imagens com alta resolução. 

Nesse contexto, não basta escolher qualquer imagem da Internet, hein? Isso porque muitas delas estão protegidas de direitos autorais. Nesse caso, vale buscar em bancos de imagens gratuitos ou em plataformas que as concedam mediante o pagamento de um valor. Ah, quando for utilizar uma imagem, sempre dê crédito a suas fontes!

4. Tome cuidado com o plágio 

Achou um banner super legal e acha que ele cairia como uma luva para o seu negócio? Nem pense em replicá-lo! Isso porque essa prática configura plágio e, além de pouco criativa e ética, vai contra as diretrizes e boas práticas do Google. 

5. Desconsidere colocar efeitos especiais

Quer chamar a atenção para o seu anúncio com efeitos especiais? Pois é melhor engavetar essa ideia. Efeitos como pisca a pisca ou que apresentem algum tipo de movimento ou distração não são bem-vindos pelo Google. Aliás, o seu uso é proibido na plataforma. 

Confira também:

Qual o tamanho de um banner para Google Ads?

O Google aceita vários tamanhos de banners. Confira-os:

  • 300 x 250 – retângulo inline;
  • 250 x 250 – quadrado;
  • 200 x 200 – quadrado pequeno;
  • 468 x 60 – banner;
  • 728 x 90 – tabela de classificação;
  • 120 x 600 – arranha-céu;
  • 160 x 600 – arranha-céu largo;
  • 336 x 280 – retângulo grande;
  • 300 x 600 – meia página;
  • 970 x 90 – cabeçalho grande.

Apesar dos tamanhos serem diversos, eles não podem exercer 150 KB. Qualquer item acima disso é reprovado pelo Google. O motivo? Porque quanto maior é um arquivo, mais tempo ele demora para carregar. 

Já as únicas extensões aceitas pela pela plataforma são: 

  • JPEG;
  • SWF;
  • PNG e
  • GIF 

Confira, agora, alguns modelos de banners para Google Ads.

bannerparagoogleads1 - Banner para Google Ads: como criar modelos eficientes que gerem novos negócios?

Crédito: Pinterest 

bannerparagoogleads2 - Banner para Google Ads: como criar modelos eficientes que gerem novos negócios?

Crédito: Pinterest 

bannerparagoogleads3 - Banner para Google Ads: como criar modelos eficientes que gerem novos negócios?

Crédito: Pinterest 

bannerparagoogleads4 - Banner para Google Ads: como criar modelos eficientes que gerem novos negócios?

Crédito: Pinterest 

bannerparagoogleads5 - Banner para Google Ads: como criar modelos eficientes que gerem novos negócios?

Crédito: Pinterest 

Ficou interessado em criar um banner desse tipo, mas não tem sabe nem por onde começar? 

Pois estamos aqui para ajudá-lo nessa!

A Trakto é um editor online que permite que você crie diferentes modelos de banners para Google Ads e que já apresenta os formatos indicados.

Utilizar a ferramenta é muito simples. Você não precisa ser designer para isso! Não está confiante? Não tem problema! Convidamos você a fazer um teste gratuito e conhecer a plataforma!