6 dicas para atrair clientes de fotografia com propostas comerciais

Tempo de leitura: 3 minutos

Quando você inicia uma negociação e não consegue fechar, pode achar que a culpa foi da qualidade do seu trabalho ou do preço que você estimou para o serviço.

Porém, muitas vezes o problema não está nos pontos que citamos, mas na qualidade da proposta comercial que foi enviada.

Dicas para produzir um book de fotografia profissional-2

Encantar um cliente em potencial oferecendo o que ele precisa, em um modelo personalizado e com um bom design pode ser o divisor de águas para a sua negociação.

Listamos algumas dicas que irão ajudar você a resolver este problema.

Dica 1. Mantenha o foco

É comum oferecermos o que nós sabemos fazer melhor ou o que achamos que se encaixa melhor para o nosso cliente, esquecendo-se assim do que o este cliente informou que precisava.

Portanto, durante o início de uma negociação, escute-o com atenção, faça anotações e ofereça o que está o mais próximo possível do que ele deseja.

Dica 2. Transparência

É muito comum no “mundo” da fotografia, que nossos clientes peçam descontos, argumentando, por exemplo, que o número de fotos ou o evento será pequeno.

Para evitar esse tipo de situação, devemos deixar claro em nossa proposta comercial :

  • A qualidade do material que iremos utilizar;
  • O número de assistentes que irão participar do trabalho;
  • Tempo de pós-produção que será necessário;
  • Parte do portfólio fotográfico que abrange o tipo de evento que irá participar;
  • Qualidade do equipamentos;
  • Principalmente, a sua RESPONSABILIDADE em registrar momentos tão especiais;

6 dicas para qualquer fotógrafo atrair mais clientes com propostas comerciais

 

Lembre-se de ter cuidado para a sua proposta comercial não ficar cansativa e com textos muito extensos. Seja sucinto, tente escrever em tópicos e mostre todo o seu talento através de fotos.

Dica 3. Apelo visual

Uma proposta comercial para fotógrafos deve ter um forte apelo visual.

Escolha os melhores trabalhos que já realizou e que sejam relacionados aos desejos e emoções do seu cliente.

Não basta disponibilizar fotos e books de festas de 15 anos, ou outros eventos que sejam comuns, utilize o poder da sua fotografia artística para atingir as principais emoções para quem está propondo o serviço.

Dica 4. Serviços adicionais ou famoso “chorinho”

Oferecer serviços adicionais ou complementares também pode ser uma boa ideia. Muitas vezes, o cliente não contrata determinado serviço apenas porque não sabia que tinha essa possibilidade.

Se você tem a capacidade de oferecer, por exemplo, animadores ou maquiadores para alguns momentos dos trabalhos, cite isso em sua proposta com clareza. Deixe claro que são serviços adicionais ou bônus.

Saiba que o “chorinho” tem um custo, por isso não esqueça de calcular a sua despesa com marketing, alimentação, transporte, material fotográfico e entre outros.

Mais um ponto: não tente forçar seu cliente a contratar nada que ele não deseja.

Dica 5. Honestidade

Seja honesto quanto aos prazos de entrega. Infelizmente, a maioria dos prestadores de serviço não estabelecem e cumprem prazo corretamente.

Um cliente ficará satisfeito com um trabalho bem feito e frustrado com um trabalho atrasado, mesmo que ele esteja bem feito.

Dica 6. Procure referências de sucesso para a sua proposta

Frequentemente, não temos tempo para criarmos propostas tão elaboradas para uma negociação. 

Porém, você pode procurar referências de sucesso, modelos ou até utilizar vídeos para a sua proposta. 

Pensar em tudo isso e ainda elaborar um design impecável pode parecer muito difícil, mas o Trakto  resolve tudo isso.

No Trakto, você encontra modelos de propostas comerciais totalmente customizáveis e desenvolvidos por designers experientes. Tudo é simples e prático e o resultado final de sua proposta comercial pode ser incrível. Temos vários modelos legais, vale a pena conferir.